segunda-feira, 20 de novembro de 2017

A bela iluminação especial de outono do Byodo-in em Quioto

Essa é a 1ª vez que o local de Patrimônio Mundial da UNESCO está organizando visitas noturnas especiais durante a temporada de folhas de outono
Byodo-in em Quioto
O Phoenix Hall (Saguão Phoenix) do Templo Byodo (Byodoin), um local de Patrimônio Mundial da UNESCO em Uji (Quioto), brilha à noite durante um teste de iluminação realizado na sexta-feira (17).

O saguão luminoso, um tesouro nacional, e as folhas coloridas de outono são refletidos na superfície da água.

Pela primeira vez o templo está organizando visitas noturnas especiais durante a temporada de folhas de outono.

A exibição teve início em 18 e 19 de novembro. As próximas serão do dia 23 a 26 de novembro e de 1º a 3 de dezembro de 2017.

“Com a recente queda das temperaturas, as cores das folhas de outono ficaram mais vibrantes. Esperamos que os visitantes desfrutem dessa caminhada relaxante”, disse Monsho Kamii, sacerdote chefe do templo.



Informações:
Byodo-in (平等院)
Horário da iluminação especial de outono: das 18 h às 20h (fecha às 20h30)
Horário de funcionamento normal do templo: das 8h30 às 17h30 (a recepção fecha às 17h15)
Entrada: 600 ienes (adultos), 400 ienes (13 a 18 anos) e 300 ienes (7 a 12 anos)
Site oficial: Byodoin (em japonês e inglês)
Localização para referência, veja aqui
Fonte: Portal Mie com Yomiuri

sábado, 21 de outubro de 2017

A bela colina de kochia do Parque Hitachi Seaside em Ibaraki

O auge da beleza da kochia pode ser apreciado no parque em Ibaraki até este domingo

A beleza da kochia
Dentre as plantas que podem ser encontradas no amplo parque Hitachi Seaside em Hitachinaka (Ibaraki) está um tipo de arbusto que cresce  até 90 centímetros de altura.

As kochias (bassia scoparia) do Hitachi Seaside estão aglomeradas em uma colina, e durante a maior parte do ano existem como lindos arbustos verdes.

No final de setembro, no entanto, suas cores começam a mudar, parecendo que são tingidas de vermelho.

Até meados de outubro, a transição de cores dos cerca de 32.000 arbustos está completa, transformando a colina em uma mar púrpura.

As kochias do parque são cultivadas com propósitos decorativos, mas a planta também tem seus usos práticos. Além de ser usada em algumas ervas medicinais, as sementes de kochia são consumidas em algumas partes do norte do Japão, onde são chamadas de tonburi. Os “especialistas” em tonburi chamam as sementes de “caviar dos campos” devido à semelhança dos dois alimentos em relação à textura.
Kochias mudam de cor
O parque também é conhecido por seus cosmos, que florescem ao mesmo tempo em que as kochias mudam de cor. O cosmos tem uma grande variedade de cores, mas as encontradas no parque são rosa, branca e vermelha.

As kochias podem ser apreciadas em seu auge de cores até domingo (22) no evento chamado Kochia Carnival, de acordo com informações em matéria do jornal Mainichi.

Hitachi Seaside Park (国営ひたち海浜公園)
Horário: das 9h30 às 17h (pode variar conforme a estação do ano)
Entrada: Adultos ¥410 / Crianças ¥290
No dia 22 de outubro (domingo), ainda durante o Kochia Carnival, a entrada é gratuita
Site para informações: Hitachi Kaihin
Fonte: Portal Mie com Hitachi Seaside Park e Mainichi

sexta-feira, 29 de setembro de 2017

Japão lançará passe ilimitado para uso em vias expressas voltado a visitantes estrangeiros

Passes ilimitados que permitem a visitantes do exterior viajarem de carro nas principais redes de vias expressas do Japão começarão a ser vendidos
Passes ilimitados
Passes que permitem a turistas estrangeiros viajarem de forma ilimitada nas principais redes de vias expressas do país começarão a ser vendidos em meados de outubro, na esperança de atrair mais visitantes do exterior para áreas regionais, informou o ministério dos transportes na terça-feira (26).

Os portadores de passaportes estrangeiros poderão adquirir um “Japan Express Pass” com validade de 7 dias consecutivos por 20.000 ienes ou para 14 dias por 34.000 ienes, em 275 empresas que alugam carros (rent a car) espalhadas no país a partir de 13 de outubro, de acordo como o Ministério da Terra, Infraestrutura, Transporte e Turismo.

O uso dos novos passes não são válidos para cidadãos estrangeiros que residem no Japão. O passe permitirá viagens em 10.000 quilômetros das redes de vias expressas que cobrem grande parte do país.

Contudo, vias expressas em Hokkaido, assim como aquelas nas áreas metropolitanas de Tóquio e Osaka, estão excluídas, de acordo com o ministério.

Sob o novo plano, somente motoristas que estiverem dirigindo carros comuns com um dispositivo do sistema eletrônico de coleta (ETC) poderão usar os passes.

Passes regionais existentes que permitem aos visitantes estrangeiros fazerem viagens ilimitadas por até 14 dias em áreas como Hokkaido, Tohoku e Kyushu continuarão disponíveis com preços que variam de 1.500 a 16.000 ienes, de acordo com o ministério.

Para lidar com a potencial questão relacionada a turistas estrangeiros dirigindo em vias expressas, operadoras vão intensificar os serviços de informação e idioma, segundo o ministério.

Na semana passada, a Agência de Turismo do Japão informou que o número estimado de visitantes estrangeiros no país totalizou 18.916.200 nos primeiros 8 meses deste ano, um recorde para o período.

O número continuou crescendo neste mês e atingiu os 20 milhões, desde 15 de setembro.
Fonte: Portal Mie com Japan Times, Kyodo

sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Google faz homenagem ao Dia da Montanha, o novo feriado japonês

Esta sexta-feira (11), com doodle do Monte Fuji, o Google faz homenagem ao novo feriado japonês, que foi oficializado no ano passado
Dia da Montanha

Esta sexta-feira, o Google celebra o novo feriado japonês, somente seu segundo ano em cumprimento, com um novo doodle (aquelas versões modificadas do logotipo do Google, usados para feriados, aniversários de pessoas famosas e eventos importantes) representando um pôr do sol no icônico Monte Fuji, a montanha mais alta e famosa do Japão.

A legislação para criar o novo feriado no dia 11 de agosto foi decretada na assembleia em 2015, após o Clube de Alpinismo do Japão e outros grupos relacionados a montanhas terem feito pressão pelo projeto de lei, afirmando que o Japão (onde as crenças animistas do xintoísmo moldaram a cultura) precisava celebrar suas montanhas.

O dia é designado a compartilhar “oportunidades para se familiarizar com as montanhas e apreciar suas graças”, estabelece a legislação.

Com o dia da montanha, o Japão tem agora 16 feriados oficiais. Junho é o único mês que não tem um feriado nacional.
Fonte: Portal Mie

segunda-feira, 24 de julho de 2017

Conheça a passarela suspensa mais longa do Japão

Passarela suspensa

A passarela suspensa para pedestres mais longa do Japão, a Mishima Skywalk, que levou 3 anos para ser concluída, foi inaugurada em Mishima (Shizuoka) no dia 14 de dezembro de 2015.

Shizuoka

Mesmo durante a semana, o local é muito visitado por turistas, tanto estrangeiros quanto japoneses.

Em dias claros o local oferece vistas deslumbrantes do Monte Fuji, da Baía de Suruga e da Península de Izu.

Vistas do Monte Fuji

A ponte tem 400m de comprimento e 70.6m de altura, sendo que a largura do caminho para pedestres é de 1.6m, possibilitando um acesso tranquilo sem ter que dar passagem para quem vem no sentido contrário.

Turistas estrangeiros e  japoneses

Flower Drop:
Amuletos feitos de madeira, que foi colhida devido ao desmatamento florestal, com sementes de flores colados neles, são vendidos em lojas na área norte. Você pode fazer um pedido e “semeá-los” (jogá-los) da ponte.

floresta Kicoro

Ao atravessar a ponte, no outro lado, há plataformas de observação e uma floresta chamada Kicoro no Mori, com trilhas entre as árvores que proporcionam uma caminhada bem agradável.

Na entrada próxima ao estacionamento há uma área chamada Sky Garden com várias lojinhas de lembrancinhas e locais para comer. O que mais chama atenção nessa área é a decoração com flores naturais no teto, como se fossem lustres, além do aroma agradável.

Mishima Skywalk


Mishima Skywalk (三島スカイウォーク)
Horário: das 9h às 17h
Entrada: adultos ¥ 1.000/estudantes do ginásio e ensino médio: ¥ 500/estudantes do primário: ¥ 200
Estacionamento: 400 vagas (gratuito)
Site: Mishima Skywalk
Fonte: Portal Mie

quinta-feira, 22 de junho de 2017

1º lugar na lista dos melhores pontos turísticos de Tóquio: JAL Sky Museum

Tours guiados gratuitos no Sky Museum da Japan Airlines (JAL) estão traindo milhares de visitantes
Sky Museum

As áreas de exibição e galpão do Sky Museum da Japan Airlines (JAL) se tornaram os pontos turísticos mais populares de Tóquio, de acordo com o Departamento de Transporte do governo metropolitano.

A Tokyo Tower de 333 metros no distrito de Minato ficou em 2º lugar, seguida pelo Shinjuku Gyoen National Garden, de acordo com a lista dos 100 de Tóquio, a qual o governo compila com o TripAdvisor Inc.

De acordo com a JAL, seu Sky Museum localizado no aeroporto de Haneda em Ota oferece tours guiados gratuitos de um galpão e áreas de exibição, além de palestras sobre mecanismos de aeronaves e detalhes do aeroporto. O local atrai cerca de 120.000 pessoas por ano, mas as visitas são somente mediante reserva.

JAL Sky Museum

A JAL conduz 4 tours por dia, mas disse que encorajado pelo resultado da pesquisa, vai disponibilizar mais um outro com início em 22 de julho.

Os 10 melhores pontos turísticos na lista incluem o Tokyo Racecourse em Fuchu, o Tokyo National Museum em Taito e o Chidorigafuchi Moat em Chiyoda.

A fábrica de manutenção da All Nippon Airways (ANA) ficou em 11º lugar e a Tokyo Skytree de 634 metros de altura, a torre mais alta do mundo, ficou na 86ª colocação.

Para mais informações: JAL Sky Museum (em japonês)
Fonte: Portal Mie com Jiji/ Japan Times

terça-feira, 2 de maio de 2017

Aeroporto Centrair vai exibir 1ª unidade do Boeing 787 em novo complexo comercial

O Aeroporto Centrair em Aichi receberá este novo complexo comercial 
 Boeing 787

A Central Japan International Airport Co. iniciou na quinta-feira (27) a construção de um complexo comercial para exibir o primeiro Boeing Co. 787, com a meta de inauguração no verão de 2018.

O primeiro piso do complexo de 3 andares, chamado de “Flight of Dreams”, abrigará a primeira aeronave de teste ZA001, enquanto os outros dois pisos terão lojas vendendo acessórios de viagem e restaurantes de onde os visitantes poderão ver a aeronave.

“Queremos que esse complexo seja um espaço transbordando de sonhos”, disse Masanao Tomozoe, presidente da operadora do aeroporto, durante uma cerimônia para marcar o início das obras.

No primeiro andar do complexo, que será construído no lado sul do terminal do prédio do aeroporto, também haverá uma área onde os visitantes podem aprender sobre como o 787 Dreamliner, que realizou seu voo inaugural em 15 de dezembro de 2009, é construído.

A Boeing doou a aeronave ao aeroporto localizado na cidade de Tokoname (Aichi) em 2015, visto que mais de 30% da fuselagem do Dreamliner é construída na área de Chubu, centrada em Nagoia.
Fonte: Portal Mie com Kyodo

sábado, 1 de abril de 2017

Aeroportos de Haneda e Narita implementam scanner de corpo inteiro para voos internacionais

Aeroportos de Haneda e Narita

O scanner de corpo inteiro (body scanner) é um equipamento que utilizará ondas eletromagnéticas para detectar bombas, armas, objetos cortantes e outros materiais que não conseguem ser examinados pelos detectores de metais comuns nos postos de segurança. Esta medida está sendo ampliada em diversos aeroportos europeus devido a sua eficácia por conseguir examinar em apenas 10 segundos e não necessitar de contato físico dos funcionários com os passageiros.

Este equipamento de detecção foi implementado na quarta-feira (29) nos Aeroportos de Narita e Haneda. Em apenas poucos segundos, um modelo do passageiro é criado e, caso um objeto suspeito for detectado, o local onde esse objeto estaria escondido é iluminado na ilustração. A radiação emitida pelo aparelho é muito pequena, sendo milhões de vezes menor do que a emitida por smartphones.

Segundo o Ministério da Terra, Infraestrutura e Transportes (MLIT, sigla em inglês), embora o scanner consiga detectar metais e outros em poucos segundos, o passageiro precisa retirar os objetos pessoais do bolso e tirar a jaqueta ou sobretudo.

Fora isso, a partir da consideração com a privacidade, além dos inspetores não conseguirem ver o passageiro nas telas, já que uma ilustração é criada para proteger a integridade do passageiro, após a inspeção, esses dados são excluídos automaticamente. O MLIT pretende instalar a máquina nos principais aeroportos do país até 2019.

O responsável pela inspeção de segurança das empresas aéreas falou: “Iremos informar (os passageiros) previamente e pretendemos melhorar a qualidade e a velocidade das inspeções de segurança”.
Fonte: Portal Mie com NHK News

segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

Goku é o novo embaixador dos Jogos Olímpicos de Tóquio em 2020

O que aconteceu com o Super Mario? Você se lembra que no encerramento dos jogos olímpicos no Brasil o primeiro ministro Shinzo Abe, apareceu vestido como Super Mario, anunciando a contagem regressiva para 2020.
 Goku personagem do desenho Dragon Ball
Mudanças de planos
A popularidade de um outro personagem japonês pesou na descisão. A partir de agora o Goku personagem do desenho Dragon Ball, assume o título de um dos embaixadores dos jogos olímpicos de Tóquio.

Com isso, Goku vai estampar diversas peças promocionais dos jogos, ao lado de outros nomes conhecidos da cultura local, como Naruto, One Piece, Saior Moon, dentre outros.

Confira o vídeo de apresentação dos jogos, que mostrou o primeiro-ministro do Japão vestido como Super Mario.


Fonte: IPC Digital

quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Neve chega mais cedo em Tóquio e em outras regiões do país

Tóquio

O dia amanheceu com neve na região metropolitana de Tóquio. Algumas linhas ferroviárias seguem com atraso, as vias expressas que cruzam Tóquio, o trânsito segue lento e em alguns pontos foram registrados pequenos acidentes com engarrafamento.

Segundo a Agência de meteorologia do Japão as regiões de Kanto: Tochigi, Ibaraki, Saitama, Tóquio, chiba, Kanagawa, e Gunma vão ter pequeno acumulo de neve. Nas outras regiões: Nagano, Yamanashi e Niigata pode never mais. Até o momento pequenos acidentes de trânsito foram registrados.

Em Tóquio uma idosa de 73 anos foi socorrida após escorregar na plataforma na saída da estação.
Fonte: IPC Digital

quarta-feira, 26 de outubro de 2016

Número de brasileiros que retornam ao Japão aumenta pelo 8º mês seguido

Em agosto, chegaram ao país 5.498 brasileiros enquanto outros 4.570 deixaram o arquipélago
Brasileiros no Japão

O ano de 2016 ficará marcado como aquele em que uma nova "onda" de brasileiros voltou a acreditar que trabalhar no Japão, mesmo com salários poucos atrativos e trabalho duro, vale mais a pena que prosseguir com a vida no Brasil.

Pelo oitavo mês consecutivo, o número de entradas de brasileiros no Japão foi maior que o número de saídas, fato que não acontecia desde a crise econômica de 2008. Em agosto, chegaram ao país 5.498 brasileiros enquanto outros 4.570 deixaram o arquipélago, segundo dados do governo divulgados nesta semana.

Do total de brasileiros que entraram no país em agosto 3.530 portavam visto de longa duração, permanente ou de familiares de nacionais japoneses ou de descendentes dos mesmos. Entre estes, 2.748 possuíam permissão de reentrada.

O mês em que mais brasileiros desembarcaram no Japão foi janeiro, com 7.148 pessoas, período em que muitos retornam ao Japão depois das festas de final de ano.

Já o mês em que mais brasileiros deixaram o país foi abril, com 6.042 pessoas, primeiro mês do ano fiscal japonês, quando as empresas já definiram se precisariam ou não de mão de obra temporária.

Nos oito primeiros meses do ano, as entradas somaram 46.514 e as saídas 37.758, com saldo de 8.756 brasileiros a mais vivendo nas 47 províncias japonesas.
Fonte: Alternativa

terça-feira, 13 de setembro de 2016

Japão vai criar sistema de cartão inteligente all in one para facilitar estadia de turistas nas Olimpíadas de 2020

Os turistas poderão pagar compras, além de dar entrada em hotéis e entrar nos estádios
Jogos Olímpicos de Tóquio de 2020

Os turistas que visitarem o Japão para os Jogos Olímpicos de Tóquio de 2020 vão experimentar o famoso japonês "omotenashi" (hospitalidade) e tecnologia de última geração juntos em um cartão de pagamento que pode ser usado para todas as necessidades diárias, informou o jornal Asahi.

Um único cartão de pagamento IC recarregável estará disponível para usos como transportes públicos, fazer check-in em hotéis, entrar em estádios e comprar itens em lojas.

O Ministério de Assuntos Internos e Comunicações disse que vai apresentar um pedido para o custo do projeto de 1 bilhão de ienes para o próximo ano fiscal, e os planos para promover o cartão IC como um produto carro-chefe da hospitalidade do Japão.

Os potenciais usuários do Cartão IC precisarão registrar suas informações pessoais on-line antes da viagem, e receberão um número de ID omotenashi. O usuário, em seguida, deve inserir o número de identificação no momento da reserva passagens e hotéis.

Uma vez no Japão, os visitantes estrangeiros podem adquirir um cartão de pagamento electrônico, como um "Suica," registrar seu número de identificação a ele em terminais que serão instalados em aeroportos e outras instalações, e em seguida, carregá-lo com a quantidade desejada de dinheiro.

Em seguida, o cartão está pronto para ser usado passando sobre os leitores dos terminais de cartão de leitura em locais públicos, tais como catracas de estações de trens e metrô, pistas de atletismo e hotéis.

Os terminais também exibirão informações na língua nativa do usuário, tais como a forma de chegar aos locais de eventos ou informações sobre desastres quando o cartão é passado nos leitores. A mesma informação será enviada para os números de smartphones previamente fornecidos no processo de registro.

O ministério também prevê a criação de mais áreas de Wi-Fi em locais como estações de trem, áreas em torno de estádios e pontos turísticos para os visitantes estrangeiros usarem seus smartphones para acessar as informações.

O ministério tem como objetivo criar um ambiente no qual os visitantes estrangeiros possam experimentar o Japão sem sentir o stress da viagem e barreiras de linguagem.
Fonte: Alternativa

segunda-feira, 18 de julho de 2016

Museu de arte em Ueno é designado Patrimônio Mundial

Japão agora tem 20 obras registradas como Patrimônio Mundial da Unesco
Kokuritsu Seiyo Bijutsukan

A Agência da Cultura da ONU resolver acrescentar o Museu Nacional de Arte Ocidental (Kokuritsu Seiyo Bijutsukan - 国立西洋美術館) à lista de Patrimônio Mundial, divulgou a NHK.

O prédio foi desenhado pelo arquiteto francês Le Corbusier (nome real Charles-Edouard Jeanneret-Gris).

O comitê do Patrimônio Mundial da Unesco anunciou a decisão neste domingo (17), em Istambul, na Turquia.  A reunião foi adiada pela tentativa de golpe de estado, mas foi realizada hoje sem problemas.

A Unesco afirmou que os prédios são obras-primas que representam o talento criativo e exercem um impacto significativo na arquitetura mundial.

O Japão, a França e mais outros cinco países recomendaram em conjunto a designação de 17 construções desenhadas por Le Corbusier. A recomendação afirma que Le Corbusier tinha uma grande influência nos edifícios e projetos urbanos no século 20.

Esta foi a terceira indicação do museu japonês, que foi construído em Ueno, no distrito de Taito (Tóquio), em 1959. Com a designação do museu, o Japão agora tem 20 obras registradas como Patrimônio Mundial da Unesco.
Fonte: Alternativa

quinta-feira, 9 de junho de 2016

Sky Cycle, a montanha-russa no Japão movimentada por “pedaladas”

Algumas montanhas-russas são assustadoras em razão de seus loops gigantes, voltas rápidas e velocidade. Por outro lado, outras são assustadoras por razões totalmente diferentes.

Sky Cycle


A SkyCycle do Washuzan Highland Amusement Park (Brazilian Park Washuzan Highland) localizado na cidade de Kurashiki (Okayama) é uma delas. Ao invés de ser rápida e eletrizante, é vagarosa e assustadora.

Nessa montanha-russa, os visitantes devem pedalar o tempo todo, ao invés de simplesmente sentar nos bancos e curtir.



A atração foi construída em um terreno montanhoso, com um tipo de “carrinho-bicicleta” para duas pessoas, com um simples cinto de segurança e cestas para colocar pertences. Embora não haja loops e quedas espetaculares, passear no Sky Cycle provoca muita adrenalina, visto que os carrinhos são abertos e não há qualquer tipo de proteção dos lados em todo o trajeto.

No entanto, a vista da Ponte Shimotusi-Seto ao fundo é espetacular.

SkyCycle do Washuzan Highland Amusement Park

Em relação ao nome, segundo o site do parque, a característica mais interessante é o fato dele ser baseado na cultura brasileira, tendo em suas atrações shows de samba e também diversos restaurantes com comidas típicas do Brasil.

Brazilian Park Washuzan Highland (ブラジリアンパーク鷲羽山ハイランド)
Entrada: ¥ 2,800
Site: Highland
Localização: veja aqui
Fonte: Portal Mie

quarta-feira, 11 de maio de 2016

Como configurar Wi-Fi gratuito em caso de terremoto ou tsunami

five zero Japan

Depois da ocorrência do Terremoto de Kumamoto, em 14 de abril deste ano, o Comitê de Coordenação e Promoção dos Negócios de Wireless LAN, desenvolvedora do sistema, permitiu que todos os usuários de smartphone a usassem um Wi-Fi gratuitamente.

Logo depois de uma grande catástrofe é comum que as operadoras de telefone celular tenham seus serviços interrompidos, impedindo o usuário de usar a rede para comunicação na internet.

Entretanto, a comunicação com familiares e obtenção de notícias podem ser feitas se tiver Wi-Fi. Mesmo que o usuário não tenha contrato com o serviço chamado de 00000JAPAN (lê-se five zero Japan), pode usá-lo gratuitamente e por tempo determinado pela empresa desenvolvedora. No caso do Terremoto de Kumamoto, a experiência foi feita para uso por 1 mês, aproximadamente.

Para obter essa conexão Wi-Fi gratuita, basta ir para Ajustes – Wi-Fi e selecionar 00000Japan no smartphone. Assim, é possível navegar pela web, enviar mensagens pelas redes sociais como Line, Messenger ou postar no Twitter e Facebook para confirmar que se encontra salvo.
Fonte: IPC Digital com Huffington Post